Juventude se classifica no sufoco

O Juventude sofreu mas está na segunda fase da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, o time do técnico Antônio Carlos enfrentou o Interporto, do Tocantins, e empatou em 0 a 0. Como era visitante garantiu usa classificação no torneio nacional. O grande destaque da partida foi o goleiro Douglas Silva que evitou em vários momentos o pior.

A primeira etapa do Juventude na Copa do Brasil de 2018 foi quase um pesadelo, isso porque foi uma pressão sem fim do Interporto. Aos nove minutos, Italo cobra falta fechado e Douglas Silva salva para o alviverde. O clube de Tocantins acumulou boas oportunidades que foram defendidas pelo arqueiro do clube caxiense. Aos 32 minutos, Jonas ficou na cara de Douglas e chutou de bico para fora, grande chance para os mandantes. Dois minutos depois, após cruzamento, Rodrigo testou para mais uma defesa. Nos últimos minutos, o Alviverde conseguiu melhor o panorama do duelo.

Depois do intervalo, o jogo ficou um pouco mais tranquilo para o Juventude na questão defensiva. Para isso, o Zago promoveu a entrada de Bruninho no lugar de Bruno Ribeiro dando mais força para o meio de campo. Aos 17 minutos, a zaga do Juve sai errado na defesa. No contra-ataque, Pará evitou o gol do Interporto. Logo depois, Netinho arriscou de muito longe e passou perto do gol. Aos 34 minutos, Douglas fez uma grande defesa e evitou o pior. Em cobrança direta de Netinho, o arqueiro se esticou todo e jogou para escanteio.  Aos 42, uma das primeiras escapadas do Juve no segundo tempo. Felipe Matheus chutou de longe e a bola foi a esquerda de Carlão. Nos últimos lances, o Interporto pouco agrediu. E com isso, o Papo garantiu a sua vaga na segunda fase da Copa do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *