Gauchão: Veranópolis 3 x 1 Novo Hamburgo

A décima primeira rodada do campeonato gaúcho reservou um duelo de opostos. No Estádio Antônio David Farina, Veranópolis, sexto colocado e já classificado, enfrentou o Novo Hamburgo, que ainda tem perigo de rebaixamento. O jogo foi totalmente controlado pelo Pentacolor que venceu por 3 a 1, mas poderia ter triunfado por muito mais se não fosse as boas intervenções do goleiro Michel Alves. Juba, Bertotto e William Paulista marcaram para os mandantes, enquanto Juninho fez para o Noia.

O primeiro tempo foi de domínio total do Pentacolor que levou muito perigo ao gol de Michel Alves. E o primeiro gol veio assim.  Aos 28 minutos, após cobrança de escanteio, Bertotto cabeceou para o fundo das redes e marcou o seu segundo gol do campeonato. Minutos depois, o volante apareceu de novo na bola área, mas a finalização foi para fora. Nos minutos finais da etapa, o VEC controlou o meio de campo e não levou nenhum perigo do Anilado, que aliás não criou nada.

Para o segundo tempo, o Beto Campos promoveu a entrada do meia-atacante Branquinho no Novo Hamburgo. No entanto, pouco surtiu efeito. E nos primeiros segundos de etapa, o goleiro Michel Alves já teve que sair da área e dividir com o atacante Wesley, que marcaria o segundo do VEC. Mas, o segundo gol não demorou para aconteceu. Aos quatro minutos, Juba invadiu a área, passou por dois e bateu de bico no canto. O domínio do Pentacolor só aumentou com o decorrer do jogo. Aos oito minutos, Eduardinho obrigou Michel a fazer um milagre. O volante quase marcou de novo, aos 21 minutos, mas o zagueiro Roberto Dias tirou. Já na metade final do jogo, a zaga do VEC falhou, Juninho avançou sozinho e chutou cruzado sem chances para Reynaldo. Aos 38 minutos, o gol do Pentacolor brilhou evitando o empate do Novo Hamburgo. No último lance, Juba fez grande jogada e lançou Bovi que tocou para William Paulista garantir o triunfo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *