Gauchão: Avenida 1 x 1 Caxias

As quartas de finais do campeonato gaúcho começaram deste sábado com um jogo tenso entre Avenida e Caxias no Estádio dos Eucaliptos. Com um trapalhada enorme do árbitro, os dois times ficaram no empate em 1 a 1. Diego Miranda marcou para o Grená e o zagueiro Claudinho para o Periquito. Com o resultado, na próxima terça-feira, o time de Caxias joga também pelo empate em 0 a 0.

O começo de jogo foi bem diferente do que todos apontavam. Isso porque, o Caxias deu a bola para o Avenida e só saia na boa. Essa tática do técnico Winck surtiu efeito. O Periquito não conseguia criar quase nada. O único lance de perigo foi logo no primeiro minuto, após falha da zaga dos visitantes. O lateral Roger Deniro arriscou e a bola saiu. Aos 22 minutos, Nathan avançou pela esquerda e achou o Diego Miranda. O meia, da entrada da grande área, chutou no canto e abriu o marcador. Depois do gol. o panorama da partida mudou totalmente. O Caxias, mesmo com o tento, parecia perdido e os mandantes começaram a empilhar oportunidades. Aos 34, Cléverson recebeu e finalizou com muito perigo. Logo depois, Itaqui cobrou falta e Claudinho desviou para o fundo das redes. Já no fim da etapa, o Grená quase voltando a frente no placar. Após escanteio, Júnior Alves cabeceou e a boal passando rente a trave do goleiro Fabiano.

No segundo tempo, o técnico Luis Carlos Winck botou o Caxias para cima do Periquito, mudando totalmente o que fez nos primeiros 45 minutos. E com isso, criando muitas oportunidades de gol. Aos quatro minutos, Diego Mirando chutou para fora. A pressão continuou com Gava. O meia recebeu na cara do goleiro e jogou por cima. Aos 19, após cruzamento, Júnior Alves testou para fora. Mesmo com o passar do tempo, os visitantes permaneciam com uma postura ofensiva. Aos 34, Gava cobrou falta e Fabiano foi obrigado a fazer grande defesa.

Já no fim, o juiz Anderson Farias fez uma trapalhada enorme, Aos 46 minutos, Alexandre foi derrubado por Cleiton dentro da área, o árbitro logo marcou o penal. No entanto, Tiago Diel comunicou que não tinha sido pênalti e o comandante maior voltou atrás. A decisão prejudicou demais o Avenida, que poderia ter faturado uma vitória fundamental. Além disso, essa mudança gerou uma confusão, que acabou com a expulsão de Marabá e Luis Henrique.

 

Foto: Bruno Pedry/ Gazeta

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *